quarta-feira, 11 de novembro de 2009

A influência da mídia no futebol

No dia 12 de novembro de 2009, no XII Simpósio de Ensino Pesquisa e Extensão, que aconteceu no Salão Acústico, conjunto III, prédio 14, da UNIFRa, os alunos do Curso de Jornalismo apresentaram o trabalho "Futebol midiatizado e estudo de recepção". O estudo tinha por objetivo compreender as relações entre o futebol e o público (torcedor) e aprofunda rivalidade dos dois principais clubes do Rio Grande do Sul: Grêmio e Internacional. A partir do estudo, procurou-se entender a recepção do torcedor gaúcho, tendo-se comprovado que a mídia tem total influência sobre os meios esportivos e seus cartolas, uma vez que as redes de TV compram os direitos de transmissão dos jogos, como por exemplo, do campeonato brasileiro. As redes de TV determinam desde o horário que os jogos serão realizados e, assim, vendem aos anunciantes de nível nacional a transmissão do espetáculo por cifras milionárias. Posteriomente, as redes de TVs a cabo comercializam com os telespectadores os pacotes com preços consideráveis, atraindo sempre milhões de expectadores fanáticos, apaixonados por futebol. Atualmente, os eventos esportivos são cada vez mais midiáticos, pois os jogos proporcionam distração, emoção e dramaticidade. Milhares de expectadores de divertem, principalmente, aos domingos, quando seu "clube do coração" está em campo. Em Santa Maria, dois bares recebem torcedores fanáticos por esse esporte apaixonante. O bar Acepipes, na Rua Venâncio Aires, esquina com a Rua Duque de Caxias, recebe os torcedores gremistas, extravasam a sua emoção; o Bar Original do Samba acolhe os torcedores colorados, que dão uma verdadeira lição de como apaixonar-se e torcer por um clube. Em ambas as observações, é notável a atenção dos torcedores para com os jogos e, principalmente, a vibração transmitida pelos cronistas esportivos. É notória a necessidade do torcedor querer compartilhar com outros torcedores do mesmo time a alegria que o futebol proporciona, aos domingos, aos torcedores brasileiro.
Por Marion Bittencourt

Um comentário:

mequi_raay disse...

ACHEI BOM QUE ATE FIIZ UM TRABALHO CM ISSO , MAIS ESPERO QUE O MEU PROFº MIM DER UMA OTIMA NOTA ! :S